Inteligência de Mercado
Inteligência de Negócios

Como a Postmetria ajuda a potencializar a operação da sua empresa através da Inteligência de Negócios?

Índice:

  • Como os nossos filtros podem te ajudar a ver a experiência do seu consumidor de modo mais organizado?
  • Como as nossas buscas avançadas podem te ajudar a perceber mais detalhes?
  • O que a visão sobre seus competidores tem a ensinar sobre você mesmo?
  • Como os nossos relatórios podem ajudar a extrair ainda mais informação no fim do dia?

Alguns leads nos perguntam como a Postmetria pode alavancar suas vendas ou ajudar em suas operações. Aproveitando essa brecha, decidimos escrever um artigo para ilustrar um pouco o diferencial em inteligência de negócio que podemos agregar para sua marca! 😉

Caso você ainda não saiba ou não se lembre, nós, da Postmetria, resolvemos o problema do desperdício de dados não-estruturados com nossa suíte de produtos e serviços ao agregar de forma inteligente e em um só lugar tudo que é publicado a respeito de uma marca. A seguir, falaremos um pouco mais sobre isso.

A inteligência de negócios começa na captura e preparo dos dados.

Situação 1

Imagine que você recebe um relatório de seu executivo de CX com todas as falas feitas sobre a sua empresa nos últimos 30 dias. Mas, isso vem sem a devida identificação de canais, ou pior, se isso vem estruturado de uma forma diferente a que você está acostumado a trabalhar ou, pior ainda, se faltam informações de um determinado Canal X. Que tipos de insight você pode tirar disso tudo?

Para ilustrar de forma prática essa problemática, imagine que você recebeu os dados do Instagram, Facebook, reviews de app, e-mail Fale Conosco, mas não os do Twitter. O que você estaria perdendo?

Segundo pesquisa da Sprout Social, você não estaria ouvindo as vozes de boa parte dos homens, já que eles dominam esse canal – e se o seu produto for mais voltado ao público masculino do que ao feminino, você está em grandes apuros, meu amigo!

E é por isso que o omnichannel, além de uma palavra bonita, é o princípio da trilha de inteligência de negócio aplicada ao CX. Sem ele, você pode até ouvir a voz de seu consumidor, mas com certeza não irá ouvir a voz de seu público.

omni-channel em inteligência de negócios

É necessário ter um framework que consiga, ao mesmo tempo, direcionar as informações para um formato compatível com a estrutura do mercado e dar espaço às temáticas emergentes

Situação 2

Se já não bastasse esse imbróglio da limitação de canais, imagine que você é uma agência de publicidade e determinada empresa te contrata para fazer as ações publicitárias. Para tanto, vocês acordam que irão impulsionar em 10% os números de engajamento nas redes deles. O problema é: você não sabe por onde começar…

Quer dizer, você até sabe por onde poderia começar: sua empresa já está há anos no mercado e seu staff é muito experiente, já trabalhou com várias empresas daquele segmento. A questão aqui é que, em 2022, isso já não é mais suficiente – e você sabe disso! Assim como os clientes individuais, as empresas também querem e precisam de um tratamento personalizado.

A melhor maneira de criar essa experiência personalizada é conhecer bem a empresa parceira e o público alvo dela. Para auxiliar o seu time nesse processo, nosso framework para organização dos dados irá fazer a parte dura, organizando seus dados por temática, canal e, até mesmo, integrando devidamente as temáticas emergentes.

Como funcionam nossas buscas avançadas e mineração de dados?

Com nossas buscas avançadas e algoritmos de detecção de tópico, você pode pegar qualquer conjunto de comentários e dividi-los dentro de temas pré-definidos de acordo com as necessidades do seu mercado, através de categorias específicas – como “atendimento”, “setor financeiro”, “plataforma/site” -, coleção de produtos, ou ainda, de frameworks totalmente personalizados!

Tópicos Emergentes

Nesse ponto você pode estar querendo me perguntar: “Mas e se for um assunto muito novo ou um tópico que está surgindo agora na internet? Esse framework ainda vai me ajuda a enxergar essas tendências?” E é aí que entram as tecnologias de detecção de tópicos. Ao capturar os termos relevantes mais comentados em cada canal sobre cada assunto, você terá uma visão do que está surgindo e em instantes poderá, inclusive, converter isso a um assunto próprio através dos nossos dicionários e categorias pré-definidas que você escolheu anteriormente.

Categorias de assunto
Fonte: Postmetria.

Aqui pode-se notar que a grande diferença entre os dois timeframes é a de que, no mais recente, os fogões tiveram menos buzz. Uma investigação mais profunda, então, nos comentários individuais pode responder esse questionamento.

Combinando filtros

Combinando esse framework informacional com o que já havíamos visto sobre o omnichannel, você poderá então, “tomar fatias” do universo de conteúdo espontâneo não-estruturado que está sendo produzido sobre sua marca e olhá-las bem de perto.

Assim, será possível compreender questões profundas, do tipo “o que estão falando sobre atendimento no meu canal de SAC?”, “por que minhas páginas no Instagram não estão mais rendendo tanto engajamento?”, “quais são as semelhanças entre os comentários que recebo no LinkedIn e os que recebo no Facebook?”, “será que há oportunidades de crescimento maiores numa política nova de atendimento ou numa infraestrutura de site mais rápida?” etc.

Dessa forma, você pode então, compreender melhor o que está sendo dito (conteúdo), onde está sendo dito (em qual canal), por quem e entender como aquilo impacta sua imagem e relação com o público.

Um olhar para fora pode ser construtivo.

Situação 3

Imagine agora que você tem todas as informações necessárias para compreender mais a sua relação com o cliente: identificou que o sNPS de sua companhia é 50, que os canais com mais engajamento são Twitter e Instagram e que as temáticas preferidas nesses dois estão relacionadas a problemas técnicos em suas plataformas de app-mobile/site e nas promoções que tem feito.

Ótimo, mas será que isso é bom? Quer dizer, de um ponto de vista organizacional interno, isso significa coisas bem claras: necessidade de mudança na infraestrutura tecnológica e comprovação de eficácia no alcance das ações promocionais.

Mas, e do ponto de vista macro – o do seu segmento de mercado – o que isso significa? Ou, melhorando a pergunta anterior, o quão bom ou ruim isso realmente é?

É aqui que entra a necessidade de investir em inteligência competitiva. Com nosso sistema, você terá alcance a essa visão diferenciada, podendo comparar pontos estratégicos específicos entre o seu negócio e o de seus concorrentes, ter um amplo panorama sobre o que é considerado “normal” e quais são os comportamentos que se destacam, além das oportunidades e riscos de ação.

Inteligência Competitiva: marcas e concorrência
Fonte: Postmetria.

Texto elaborado por Vitor Lemos, Cientista de Dados na Postmetria


Uma ajudinha nunca é demais!

Se, no final do dia, você ainda estiver confuso e não souber muito bem como tirar proveito disso tudo, os nossos especialistas em Experiência do Cliente podem te ajudar a extrair insights e descobrir oportunidades. Com relatórios personalizados entregues periodicamente, você irá desfrutar do detalhe do detalhe e poderá, então, tomar ações a fim de levar cada vez mais valor ao seu público!